Aquisição deve movimentar o mercado brasileiro de inseminação artificial que em 2017 comercializou mais de 13 milhões de doses no país

 

A americana Select Sires Inc., uma das maiores empresa de melhoramento genético de bovinos do mundo, através de sua subsidiaria Select Sires do Brasil (SSB), anunciou, nesta quarta-feira, 23 de maio, a compra da Accelerated Genetics do Brasil (AG Brasil) com sede em Ribeirão Preto (SP). As negociações iniciaram em junho de 2017, quando a Select Sires americana adquiriu os ativos da empresa nos Estados Unidos, e agora foi concluído com a incorporação total da unidade brasileira.

A aquisição faz parte da política de expansão da Select Sires, que em 12 meses - entre 2017 e 2018 - comercializou mais de 20 milhões de doses de sêmem em todo mundo. Atenta ao mercado brasileiro de inseminação artificial, a Select Sires pretende consolidar ainda mais sua participação no cenário nacional.  "O Brasil é um dos maiores mercados de inseminação do mundo, por isso é importante essa movimentação entre as empresas do segmento na busca de um melhor atendimento aos clientes. Com essa operação, a AG Brasil passará a contar com touros oriundos do programa de seleção da Select Sires", revela Thiago Zanini, diretor administrativo da Select Sires do Brasil.

Já o vice-presidente da Selec Sires Inc. para a América Latina, Lon Peters, destaca que a aquisição visa ampliar a liderança genética da empresa no Brasil. “A AG Brasil contamos com uma ótima equipe com grande liderança e conhecimento da indústria de inseminação artificial. Estamos ansiosos para maximizar nossa liderança em genética, através de seus esforços de marketing. Além disso, incrementar o nosso negócio com pesquisas, processos líderes em fertilidade e aumentar o valor genético para nossos clientes. A Select Sires está animada com esta oportunidade e ansiosa em trabalhar próxima com pessoas apaixonadas pelo mercado de leite e carne bovina", afirma Lon Peters,

Para a AG Brasil, a negociação também é vista como um importante passo para o crescimento das empresas. "Essa aquisição vai permitir a nossos clientes e equipe o acesso a uma genética de excepcional qualidade, bem como o apoio da maior empresa de inseminação artificial do mundo na atualidade. Agradecemos a todos clientes e colaboradores pelo apoio e confiança em nós depositados ao longo destes 21 anos! Estamos orgulhosos e estimulados em permanecer neste time, com os desafios desta nova fase", enfatizaram Edgar Nagle, José de Castro e Carlos Vivacqua, da AG Brasil.

Outro ponto que vale destacar nesta operação de aquisição é que a AG Brasil seguirá utilizando o código 14 para identificar seus produtos no mercado, enquanto a SSB seguirá utilizando o código 7 em seus produtos. "Esse negócio representa uma união de forças. Onde através da gestão da SSB e o suporte da SSI, pretendemos incrementar ainda mais o portfólio de produtos que disponibilizamos a todos clientes", afirma Thiago Zanini.